Image Map

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

O pai e a maternidade


O Leo já com um pouco mais de 3 meses e já consigo "avaliar" qual o papel do pai na maternidade, aprendi esses dias que o pai não dever ajudar a mãe, e sim  criar junto com a mãe.

Aqui em casa, meu marido cria o Leo comigo, apesar da pouca idade do Leo os dois ja são parceirinhos, e os dois se entendem juntos.. Sem a minha presença.

Entendo o que foi fundamental para os dois criarem esse elo, foi o período de um mês (férias) que meu marido tirou quando o Leo nasceu, nós dois passamos os "perrengues" do primeiro mês de descobertas juntos, aprendemos juntos a trocar fralda, dar banho, colocar para dormir, acordar de madrugada, enfrentar as colicas, lavar e passar as roupinhas...

Pelos diversos sites e foruns de mães  que acompanho as mães relatam que os pais não se envolvem na criação,
muitas vezes por inexperiência, ou por acreditarem que a responsabilidade é só da mãe, pois afinal eles ficam o dia todo trabalhando e chegam cansados em casa... Eu até entendo que trabalhar o dia todo é exaustivo, mas cuidar de um bebê é exaustivo tanto quanto, percebo que meu marido entende isso porque ele ficou em casa um mês e viu que foi pauleira.

Depois que ele voltou a trabalhar, a única "tarefa" que ele está livre é acordar de madrugada, que por enquanto não tem necessidade, pois o Leo só mama no peito.. Eu acho que tudo se trata de bom senso e de cumplicidade do casal, no começo acordar de madrugada me deixava cansadissima, então eu deixava meu marido dormir mais a noite, e de manhã ele ficava com o Leo para eu dormir mais algumas horinhas.

Muitas mães não confiam ou não deixam seus maridos fazerem as tarefas sozinhos com seus bebês, sempre estão vigiando tudo e até mesmo criticando, assim eles não irão criar esse elo juntos...

Acredito que para o pai criar o bebê junto com a mãe o mais importante é deixa-los a vontade, dar liberdade para se conhecerem e com certeza esse vínculo se criará naturalmente.

E para fechar...uma crítica a legislação trabalhista do Brasil, o pai deveria ter direito a licença paternidade de pelo menos um mês.. 5 dias corridos é uma vergonha. #prontofalei


0 Comments:

Postar um comentário