Image Map

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Amamentação

Minha experiência com a amamentação tem sido fantástica, percebo que cada dia mais meu filhote e eu estamos sintonizados, é incrível o que amamentação faz com uma mãe.

Na gravidez pesquisei sobre amamentação e o que mais me aterrorizava era o assunto dor, sempre quis amamentar e sempre quis que amamentação fosse exclusiva (pelo menos por enquanto estou conseguindo), nunca me atentei quanto a questão da "pega", tempo mamando, se deveria mamar um peito ou os dois... enfim.. pois sabia que isso aprenderia na maternidade, e cada lugar ou cada pediatra recomenda de uma forma diferente.

Ainda na maternidade, fiquei encucada, pois as enfermeiras não me deram o Leo logo para amamentar, e comecei a pedir, ai sim elas me ajudaram um monte, elas vinham de tempos em tempos tentar fazer ele mamar, se não me engano as 2 primeiras tentativas não conseguimos, eu tinha o colostro, mas ele estava muito sonolento não acordava de jeito nenhum, as enfermeiras colocavam ele no meu colo e conseguimos da forma mais simples eu sentada e ele de barriga comigo e elas colocavam o bico do meu peito na boquinha dele para mostrar como era a pega correta, sozinha talvez eu teria demorado muito mais para conseguir.

Sim, doía demais o bico do peito machucou que chegou a sangrar, levei a pomada de lanolina e as conchas de amamentação para maternidade e foi o que me salvou, passava a pomada e colocava a concha para o bico do peito não encostar no sutiã, eu não conseguia enxugar depois do banho de tanto que doía, era só uma encostadinha de leve para secar.

Depois de alguns dias doía, mas era só na hora que ele pegava o peito, eram 40 segundos de virar os olhos, mas depois passava… melhorou depois de uns 20 dias. Hoje depois de quase 3 meses, não doí nada… adoro amamentar.


Hoje só uso a concha, pois meu peito ainda vaza quando o Leo esta mamando e agora uso constantemente o absorvente para os seios quando o Leo não esta mamando, uso da marca Nuk, o absorvente encharca normalmente de madrugada, e finalmente consigo dormir de bruços (era o que mais queria fazer na gravidez e não dava).


Na maternidade me orientaram a dar de mama a cada 3 horas e 20 minutos cada peito, porém a pediatra orientou a cada 4 horas e no máximo 30 minutos em um peito só, sigo o que pediatra disse, porém o intervalo de 4 horas depende do Leo e da fome dele, as vezes conseguimos esse intervalo as vezes cai para 3 horas, e deixo ele arrotar pelo menos uns 15 minutos, e mesmo se ele arrotar deve permanecer na posição para o leite descer melhor e não voltar.

As mamadas de madrugada tem sido por conta dele, a pediatra nos orientou a não acorda-lo de madrugada, hoje ele acorda só uma vez para mamar.

Ainda estou aprendendo sobre a amamentação, preciso aprender a tirar o leite (tenho bomba elétrica e nunca usei) e armazenar, agora preciso ver como vai ser quando precisar dar de mama quando sairmos.

Bom, conforme for aprendendo, postarei as novas descobertas e experiências.

0 Comments:

Postar um comentário